domingo, agosto 7

SIBELIUS



Sibelius hoje.
.

3 comentários:

velho condiscípulo disse...

Caro Eduardo,
aplaudo o teu esplêndido gosto pela música clássica.
Já não há comentários sobre a vida nacional e sobre os acontecimentos internacionais?
Já leste a notícia recente sobre a morte de Camus? Investigador liga-a a ajuste de contas da KGB, pelo facto de o Nobel da Literatura criticar o regime soviético...
Abraço amigo de um velho condiscípulo do Liceu.

eduardo graça disse...

Caro amigo, que imagino quem seja:lá voltaremos aos comentários escritos, pois sei que muitos amigos, e amigas, os esperam. A música não é um parentesis mas uma paixão que havia adormecido em mim. Quanto a Camus não creio na tese do atentado embora as suas posições filosóficas e políticas fossem declaradamente hostis à URSS. Nada do que conheço, e é muito, acerca da vida e obra de Camus apontam nesse sentido. As suas últimas horas foram alvo de várias obras publicadas e sabe-se que deveria viajar de comboio com a mulher o que, à última da hora, não fez tendo acedido ao convite de Michel Gallimard para viajar de carro. Mas tudo é possível no mundo das hipóteses ...

velho condiscípulo disse...

Caro Eduardo,
se imaginas quem eu seja, dá lá um palpite...
Já te encontras radicado de novo em Faro?
Abraço!