domingo, Dezembro 2

OH MINHA SENHORA Ó MINHA SENHORA

LEITURAS


A última leitura de 2003:"O Amor Natural", de Carlos Drummond de Andrade (Itabira, Minas Gerais,1902-1987), o livro de poesia erótica publicado após a morte do grande poeta brasileiro. Assinalo, a propósito, um episódio marcante da sua vida, segundo as palavras do próprio: "A saída brusca do Colégio teve influência enorme no desenvolvimento dos meus estudos e de toda a minha vida. Perdi a fé. Perdi tempo. E sobretudo perdi a confiança na justiça dos que me julgavam." A expulsão referida ocorreu, em 1919, do Colégio Anchieta. Eis um poema de "O Amor Natural":

OH MINHA SENHORA Ó MINHA SENHORA

Oh minha senhora ó minha senhora oh não se incomode senho-
ra minha não faça isso eu lhe peço eu lhe suplico por Deus nosso
redentor minha senhora não dê importância a um simples mortal
vagabundo como eu que nem mereço a glória de quanto mais
de...não não não minha senhora não me desabotoe a braguilha
não precisa também de despir o que é isso é verdadeiramente fora
de normas e eu não estou absolutamente preparado para seme-
lhante emoção ou comoção sei lá minha senhora nem sei mais o
que digo eu disse alguma coisa? sinto-me sem palavras sem fôle-
gos sem saliva para molhar a língua e ensaiar um discurso coeren-
te na linha do desejo sinto-me desamparado do Divino Espírito
Santo minha senhora eu eu eu ó minha senh...esses seios são
seus ou é uma aparição e esses pêlos essas nád...tanta nudez me
deixa naufragado me mata me pulveriza louvado bendito seja
Deus é o fim do mundo desabando no meu fim eu eu...

 

[Acabei de ver o programa que a RTP2 emite faz uns anos chamado Câmara Clara no qual se falou de Carlos Drummond de Andrade com a participação de Arnaldo Saraiva e António Torres (romanciste brasileiro). A Filipa Leal fechou o programa de hoje dizendo este poema que eu, bem sabia, havia lido e, quem sabe, publicado no absorto. E como não encontrei o filminho com o poesia dita por ela encontrei o poema neste post de 11 de janeiro de 2004. Entretanto ouvi dizer que o programa Câmara Clara vai acabar no final deste ano. Um programa bem feito, muito bem feito que, como tantas coisas bem feitas, estão condenadas a acabar, será?, mas ao menos que seja com uma boa explicação, será? ...]


Sem comentários: